Governo de Goiás

Notícias

Nova linha quer estimular energia renovável

16-02-2017 07:55h

Atender micro e pequenas empresas, além de empreendedores individuais, que queiram investir em serviços e projetos que proporcionem economia no consumo de energia. Este é o objetivo da nova linha criada pela Agência de Fomento de Goiás: a GoiásFomento Eficiência Energética. Ao propor a nova linha, o presidente Henrique Tibúrcio conseguiu que o Conselho de Administração da Agência, presidido pelo vice-governador José Eliton, aprovasse a medida por unanimidade.
O microempreendedor individual terá limite máximo financiável de R$ 30 mil. A micro e pequena empresa terão limite máximo financiável de R$ 200 mil. O prazo para pagamento poderá ser de até 60 meses, com carência de até 6 meses. Os juros por mês serão de 1,53%.


“É uma forma de incentivar o empresário a obter o melhor desempenho na produção de um serviço com o menor gasto de energia”, diz o presidente Henrique Tibúrcio. “A Agência cumpre também seu papel na preservação do meio ambiente ao estimular o  empreendedor  a modernizar seus equipamentos e seus processos,  utilizar energia alternativas, como a solar, reduzindo a demanda por energia elétrica”.


A linha  GoiásFomento Eficiência Energética já estará disponível para os interessados a partir desta segunda, 20.

Submenu

Sistema de Busca

Palavra-chave:

Palavras Pesquisadas

Tire suas dúvidas

Aqui, você tira suas dúvidas sobre as taxas dos creditos e descobre as vantagens dos produtos.

saiba mais