Governo de Goiás

Notícias

Cai inadimplência na GoiásFomento

Atualizado em 04-08-2017 17:01h

Ao final do mês de junho deste ano, o índice de inadimplência entre os clientes da GoiásFomento estava em 10,7%, bem menor que o índice registrado no mesmo mês do ano passado, quando era 17,9%. A queda foi comemorada pelo presidente da Agência, Henrique Tibúrcio, que está à frente da instituição desde agosto do ano passado. Além de criar novas linhas, descentralizar as ações e ampliar as parcerias com prefeituras e segmentos empresariais, a atual gestão reestruturou o setor de cobranças e criou uma comissão de renegociação. “Dar chance para o inadimplente quitar sua dívida é uma forma de contribuir com a economia”, diz o presidente. “É preciso conciliar a manutenção da fonte produtora, dos empregos gerados e os interesses da Agência, que precisa receber para emprestar cada vez mais”. 

 

A GoiásFomento empresta dinheiro a empresários/empreendedores/profissionais autônomos a juros bem abaixo do mercado. Dependendo da linha de crédito escolhida, o juro mensal vai de 0.8% a 2,51%. O prazo para pagamento vai de 24 a 60 meses e a carência, de 3 a 12 meses. Para pedir empréstimo, o cliente já deve ter uma empresa constituída. Há também linhas para MEI (Microempresa Individual), profissionais liberais (veterinários, médicos, contadores etc) e autônomos, como taxistas e mototaxistas. O interessado tem que estar livre de qualquer restrição no Serviço de Proteção ao Crédito. 

Submenu

Sistema de Busca

Palavra-chave:

Palavras Pesquisadas

Tire suas dúvidas

Aqui, você tira suas dúvidas sobre as taxas dos creditos e descobre as vantagens dos produtos.

saiba mais